As condições para servir a Deus

É bastante comum ouvir pessoas impondo suas condições a Deus para depois realizarem alguma tarefa ou tomarem alguma decisão importante, conforme os exemplos a seguir:

“Se Deus curar meu filho, eu recebo o Senhor Jesus Cristo em minha vida.”

“Se Deus libertar tal pessoa da minha família, eu voltarei a fazer parte da igreja.”

“Se o Senhor me abençoar com um emprego, eu o servirei.”

“Se Deus encher a minha dispensa, eu o adorarei.”

“Se tudo estiver bem, eu o louvarei.”

Observe a condição de Jacó:

“E Jacó fez um voto, dizendo: Se Deus for comigo, e me guardar nesta viagem que faço, e me der pão para comer, e vestes para vestir; E eu em paz tornar à casa de meu pai, o Senhor me será por Deus;” (Gênesis 28:20,21)

A condição que Jacó impôs a Deus é a mesma de uma pessoa que se casa com outra apenas por interesse financeiro. Você gostaria de firmar um compromisso com alguém assim?

O Deus de Jacó deveria ser uma espécie de servo, um mordomo pronto para realizar a vontade dele. Se isso não acontecesse, o Senhor não seria o seu Deus.

Esse comportamento errado de Jacó ainda se perpetua até os dias atuais. Muitos procuram Deus para tão somente para resolver os seus problemas pessoais (doença, sentimental, finanças), porém quando isso não acontece ou acontece de uma forma diferente da esperada, simplesmente se afastam de Deus.

Embora não seja errado pedir coisas a Deus, é errado impor condições e deixar de realizar a vontade de Deus pelo fato de não termos recebido algo que esperamos.

O Senhor Jesus é digno de nossos esforços e serviços, não pelo que Ele ainda poderá fazer por nós, mas pelo que já fez, pois sacrificou a própria vida, derramando o sangue no madeiro para a nossa remissão, pois está escrito:

“E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e sem derramamento de sangue não há remissão.” (Hebreus 9:22)

Tenhamos o mesmo sentimento do profeta Habacuque, que se alegraria em Deus, mesmo que as coisas não estivessem tão boas o quanto ele queria:

Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Todavia eu me alegrarei no Senhor; exultarei no Deus da minha salvação.” (Habacuque 3:17-18)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *