Eles esperam 10 anos para ter uma exemplar da Bíblia

Cristãos do interior da China festejaram entrega de cópias das Escrituras pelas Sociedades Bíblicas Unidas.

Apesar de ser o livro mais produzido na China – na média de um por segundo – quase 100% dessa produção é exportada. Apesar do crescimento da igreja, ainda é difícil para o cristão chinês ter sua própria cópia das Escrituras.

Cerca de 70% dos cristãos da China vivem em áreas rurais, em aldeias que não possuem por exemplo, acesso à internet. De acordo com as Sociedades Bíblicas Unidas (SBU), fazer com que cada um deles possua uma Bíblia é um grande desafio, que requer uma luta constante contra o regime comunista, que proíbe a livre manifestação religiosa no país.

Kua Wee Seng, responsável pelo trabalho da SBU na China, divulgou recentemente um vídeo mostrando a distribuição de Bíblias na província de Henan, na região central do país. Segundo a tradição, foi naquele lugar, ao longo do Vale do Rio Amarelo que o povo chinês se originou.

Por isso é tão importante eles terem conseguido levar cópias das Escrituras até lá. Seng afirmou que encontrou pessoas ali que esperaram pelos últimos 10 anos para ter suas próprias Bíblias. Uma delas se converteu há 14 anos e pela primeira vez pôde levar um exemplar para casa.

“Você consegue imaginar como alguém se torna cristão e precisa esperar mais de uma década para ter a sua própria cópia da palavra de Deus? O único acesso à Escritura que eles tinham era uma vez por semana (nos cultos)… Esta é a situação que uma multidão de cristãos chineses ainda se encontra”, afirmou ele no material divulgado. Com informações de Church Leaders

(Fonte: https://noticias.gospelprime.com.br/esperaram-10-anos-exemplar-biblia/)

COMENTÁRIOS DO EVANGELISMO.BLOG.BR:

Diante de uma notícia como essa, a impressão que dá é a de quanto maior é a dificuldade e a perseguição, maior é o desejo de se aproximar de Deus.

Quantos de nós cristãos brasileiros negligenciamos a leitura da Palavra de Deus diariamente?

Nós temos tudo, e muitas vezes vivemos como se nada tivéssemos.

Quantos de nós têm dedicado tempo para a leitura da Palavra de Deus fora do ambiente formal de reunião da igreja?

Quantos de nós têm posto em prática os ensinamentos contidos na Palavra de Deus?

É realmente triste a situação do cristianismo no Brasil, não porque nos falte o acesso à Bíblia Sagrada ou porque sejamos perseguidos pelas autoridades constituídas, mas porque apesar de termos as Bíblias e a liberdade, e de sermos uma nação predominantemente cristã, não conseguimos mudar a realidade do país, que é um dos mais injustos e corruptos do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *