Quem é Jesus?

Para responder a essa pergunta, nada melhor do que a própria Palavra de Deus:

"Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz" (Isaías 9:6)

"Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, e ele será chamado pelo nome de Emanuel (que quer dizer: Deus conosco)." (Mateus 1:23)

"Disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós outros." (Êxodo 3:14)

"Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade eu vos digo: antes que Abraão existisse, EU SOU." (João 8:58)

"Por isso, eu vos disse que morrereis nos vossos pecados; porque, se não crerdes que EU SOU, morrereis nos vossos pecados." (João 8:24)

"Os judeus responderam, dizendo-lhe: Não te apedrejamos por alguma obra boa, mas pela blasfêmia; porque, sendo tu homem, te fazes Deus a ti mesmo." (João 10:33)

A Palavra de Deus não dá margens para dúvidas: Jesus Cristo é realmente Deus. Ele libertou homens e mulheres de enfermidades e até ressuscitou mortos, para mostrar que até a morte lhe está sujeita. Foi o único a viver sem jamais pecar, e nem mesmo foi achado engano em sua boca. Já sabia antecipadamente de todas as coisas, antes que acontecessem. Enfrentou uma morte dolorosa na cruz e ressuscitou ao terceiro dia, entre muitos outros feitos. Jesus Cristo é o Verbo que estava com Deus, e que é Deus, o qual se fez carne, habitando em nosso meio, conforme relatado no primeiro capítulo de João.

Aqueles que não crerem nisso, ou seja, que Jesus é Deus, o grande EU SOU que falou com Moisés da sarça ardente, morrerão nos seus pecados (João 8:24). É muito importante, portanto, ter essa fé.

Pai, Filho e Espírito Santo são as formas desse único e maravilhoso Deus se revelar ao homem (Isaías 46:9, 1 Timóteo 2:5, Efésios 4:6), e não três Pessoas distintas (diferentes).

Mas como explicar o fato de Jesus ter olhado para o alto várias vezes, enquanto orava?

O próprio Senhor Jesus nos deu a resposta:

"Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu. E, como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado;" (João 3:13-15)

O Filho do homem é o Senhor Jesus Cristo, que está no céu e na terra, ao mesmo tempo. Na terra, como Ele mesmo falou, importava que fosse levantado.

Quando Filipe pede para ver o Pai, Jesus responde imediatamente:

"Estou há tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai?" (João 14:9-10)

Para João, Jesus Cristo é o verdadeiro Deus:

"E sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu entendimento para que conheçamos ao Verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna." (1 João 5:20-21)

Para Tomé, Jesus é Deus:

"E sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu entendimento para que conheçamos ao Verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna." (1 João 5:20-21)

"Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor." (Deuteronômio 6:4-5)

Para Moisés, o Senhor é o único Deus:

"Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor." (Deuteronômio 6:4-5)

Deus usou Isaías para dizer:

"Eu sou o Senhor, e não há outro; fora de mim não há Deus; eu te cingirei, ainda que tu não me conheças;" (Isaías 45:5)

Jesus é o Todo Poderoso, conforme escrito em Apocalipse 1:8, título exclusivo de Deus:

"Sendo, pois, Abrão da idade de noventa e nove anos, apareceu o SENHOR a Abrão, e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-Poderoso, anda em minha presença e sê perfeito." (Gênesis 17:1-2)

Após a ressurreição, Jesus Cristo fez uma declaração muito esclarecedora acerca de quem Ele realmente é:

"E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra." (Mateus 28:18-19)

Se Jesus tem todo o poder no céu e na terra, isso significa que Jesus é Deus, pois está escrito:

"Deus falou uma vez; duas vezes ouvi isto: que o poder pertence a Deus." (Salmos 62:11-12)

O Espírito Santo não é a terceira Pessoa da Trindade, porque o Espírito é de Jesus:

"Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele." (Romanos 8:9)

Quando morre um pai, logo seu filho se torna órfão. No caso de Jesus, isso não aconteceu. Apesar de ter morrido, Jesus ressuscitou e Ele já sabia disso:

"Não vos deixarei órfãos; voltarei para vós." (João 14:18)

Jesus é o nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Quando deu ordem aos discípulos para realizarem o batismo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, todos os apóstolos o realizaram em nome de Jesus Cristo (Atos 2:38, Atos 8:16, 10:48, 19:5, 22:16), porque entenderam ser esse o nome de Deus.

"E o SENHOR será rei sobre toda a terra; naquele dia um será o SENHOR, e um será o seu nome." (Zacarias 14:9)

Amém!


Deus seja louvado e glorificado eternamente!
É permitida a reprodução e disponibilização desse conteúdo
www.evangelismo.blog.br

Evangelismo.blog.br: Porque evangelizar é necessário