Qual o segredo das imagens?

A Palavra de Deus é taxativa ao proibir o homem de criar, possuir ou servir a um ídolo, representado em madeira, pedra, gesso, barro, ferro, ouro ou qualquer outro material. Vários livros da Bíblia advertem o homem contra essa prática, que irrita profundamente ao Deus Todo-Poderoso.

“Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.” (Êxodo 20:4-5)

“Eu sou o Senhor; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura.” (Isaías 42:8)

Apesar disso, o próprio povo de Israel desobedeceu a Deus e por muitas vezes se desviou para servir a ídolos mudos, que não possuem poder para nada.

“São como a palmeira, obra torneada, porém não podem falar; certamente são levados, porquanto não podem andar. Não tenhais receio deles, pois não podem fazer mal, nem tampouco têm poder de fazer bem.” (Jeremias 10:5)

Depois que a igreja foi instituída, alguns costumes de povos pagãos foram incorporados no decorrer dos séculos, como a veneração a imagens de esculturas. Porém o Novo Testamento da Bíblia ainda proíbe essa prática, como nos mostram as referências seguintes:

“Filhinhos, guardai-vos dos ídolos. Amém.” (1 João 5:21)

“Mas, ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira.” (Apocalipse 22:15)

“Mas que digo? Que o ídolo é alguma coisa? Ou que o sacrificado ao ídolo é alguma coisa? Antes digo que as coisas que os gentios sacrificam, as sacrificam aos demônios, e não a Deus. E não quero que sejais participantes com os demônios. Não podeis beber o cálice do Senhor e o cálice dos demônios; não podeis ser participantes da mesa do Senhor e da mesa dos demônios.” (1 Coríntios 10:19-21)

Quando uma pessoa acende uma vela para uma imagem de escultura, na verdade ela está oferecendo um sacrifício para um demônio. Acender uma vela, confiar, servir, carregar imagens em procissões são coisas que Deus abomina, considerando-as como adultério espiritual:

“E sucedeu que pela fama da sua prostituição, contaminou a terra; porque adulterou com a pedra e com a madeira.” (Jeremias 3:9)

“Porque adulteraram, e sangue se acha nas suas mãos, e com os seus ídolos adulteraram, e até os seus filhos, que de mim geraram, fizeram passar pelo fogo, para os consumir.” (Ezequiel 23:37)

Sem dúvida alguma, Deus não admite que o homem desvie a sua atenção, o seu pedido ou a sua fé para um ídolo cego, surdo e mudo, que nada pode fazer para ajudar, a não ser trazer a maldição para dentro da casa do seu possuidor.

Depois de observar as referências indicadas nesse texto, observe agora o que as imagens criadas pelos homens possuem em comum. Preste muita atenção nas mãos das imagens.

Não é apenas uma infeliz coincidência, mas as mãos foram desenhadas propositadamente para terem um símbolo satanista, igual ao que Adolf Hitler fez, a exemplo de outros homens influentes no passado.

Adolf Hitler, líder do movimento nazista.

Joseph Smith, fundador da igreja mórmon.

“Antes digo que as coisas que os gentios sacrificam, as sacrificam aos demônios, e não a Deus.”

Observe ainda esta outra imagem comparativa:

Tudo isso explica muito bem o fato de Deus ter nos falado:

“Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima no céu, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra;” (Deuteronômio 5:8)

Um dos maiores erros do homem é não confiar no que a Bíblia tem para nos ensinar. Muitos preferem trocar a revelação escrita de Deus por um ensinamento humano e errado ou por uma tradição equivocada de uma igreja. A Palavra de Deus é superior a todas as coisas, a todos os homens.

“Assim diz o Senhor: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do Senhor!” (Jeremias 17:5)

Se é o seu caso, elimine de sua casa, da mesa do seu trabalho, de dentro do bolso ou de sua carteira, todos os ídolos e imagens de ídolos e santinhos, padroeiros e padroeiras criados pelo homem, pois somente em Deus devemos confiar e somente a Deus podemos pedir alguma coisa.

A Palavra nos diz que as pessoas que confiam em ídolos que nada veem e nada ouvem acabam se tornando iguais a esses ídolos, em quem confiam. Ouvem a Palavra de Deus, mas não a entendem, permanecendo assim no engano das falsas doutrinas.

“Os ídolos deles são prata e ouro, obra das mãos dos homens. Têm boca, mas não falam; olhos têm, mas não vêem. Têm ouvidos, mas não ouvem; narizes têm, mas não cheiram. Têm mãos, mas não apalpam; pés têm, mas não andam; nem som algum sai da sua garganta. A eles se tornem semelhantes os que os fazem, assim como todos os que neles confiam.” (Salmos 115:4-8)


Deus seja louvado e glorificado eternamente!
É permitida a reprodução e disponibilização desse conteúdo
www.evangelismo.blog.br

Evangelismo.blog.br: Porque evangelizar é necessário